Portugal é um dos melhores países na Europa para o Birdwatching

NATURALIST

BIRD WATCHING

 

FAIAL, AÇORES 

A posição central dos Açores no Oceano Atlântico Norte permite a observação de espécies residentes e invernantes. É  possível observar várias aves marinhas nidificantes e um grande número de subspécies de passeriformes açorianas.

É aqui que pode encontrar a maior população mundial de Cagarros (Calonectris borealis) e de Garajau Rosado (Sterna dougallii).

O arquipélago dos Açores alberga aproximadamente 30 espécies reprodutoras.

Mas o número de espécies ocasionais aqui registadas, vindas dos dois lados do Atlântico, desviadas das suas rotas regulares devido às condições climatéricas, é aproximadamente 400, e incluem algumas extremamente raras vindas do Paleártico Ocidental.

BIRDWATCHING PELÁGICO - FAIAL / PICO

Faial, Açores

Venha connosco nesta busca por aves marinhas vindas do Paleártico Ocidental. 

A viagem passa pelas zonas de alimentação de aves, como montes submarinos, e usamos isco para atrair espécies menos frequentes,

Um biólogo marinho estará a bordo para recolher dados e para providenciar uma experiência única, com informação actual sobre a vida marinha.

15 a 30 min. são dedicados à recolha de informação, e todos podem participar.

Binóculos incluídos

Duração: 4-5 h, a começar às 08h30

Guia: Um skipper experiente e um ornitólogo serão os seus guias 

Período: Março a Outubro

Transporte: Semi-Rígido

Partida: Base da Naturalist

Pax Mín: 4 pessoas

Preço: 90€ 

 

Espécies Prováveis:

Cagarro (Calonectris borealis)

Garajau Comum (Sterna hirundo)

Garajau Rosado (Sterna dougalli)

Gaivota de Patas Amarelas (Larus michaellis atlantis)

Cagarro de Coleira (Ardenna gravis)

Pardela-preta (Ardenna griseus)

Alma negra (Bulweria bulwerii)

Frulho (Puffinus baroli)

Furo Bucho do Atlântico (Puffinus puffinus)

Moleiro Grande (Stercorarius skua)

Gaivota de Bico Riscado (Larus delawarensis)

Paínho de Monteiro (Hydrobates monteroi) (pouco provável)

Paínho da Madeira (Hydrobates castro(pouco provável)


...

BIRDWATCHING TERRESTRE E COSTEIRO 

Faial, Açores

A tour vai parar em habitats costeiros e florestas, incluindo Important Bird Areas (IBAs).

Em terra, vamos visitar a alguns dos melhores locais para observar e ouvir o Canário da Terra (Serinus canaria), endémico das ilhas macaronésias, o Tentilhão Açoriano (Fringilla coelebs moreletti), a Toutinegra de Barrete (Sylvia atricapila gularis), e vamos tentar ainda ver a Estrelinha Açoriana (Regulus regulus azoricus). A Alvéola Cinzenta (Motacilla cinerea patriciae) e o Milhafre (Buteo buteo rothschildi) são normalmente observados. É ainda possível, dependendo da altura do dia, ver o morcego endémico açoriano (Nyctalus azoreum), o único morcego diurno da Europa.

Em relação à aves marinhas, observaremos principalmente espécies nidificantes, como o Cagarro (Calonectris borealis, de Abril a Setembro), a Gaivota de Patas Amarelas (Larus michahellis atlantis), e o Garajau Comum e o Garajau Rosado (Sterna hirundo, S. dougalli, de Abril a Setembro).

 

Em termos de espécies de água doce e costeiras, Ciconiformes, Anseriformes e Charadriiformes alcançarão um maior número de espécies na Primavera e no Outono, onde aos registos ocasionais se somam a espécies regulares invernantes. O maior interesse são de facto os registos ocasionais de espécies vindas da Europa ou na América. É manter os olhos abertos!

 

Binóculos incluídos

 

Duração 8h, com início às 09h00

Guia: Um skipper experiente e um Biólogo ou Ornitólogo serão os seus guias 

Período: de Abril a  Outubro

Transporte: Jipe ou Carrinha 

Partida: Sede da Naturalist

Pax Min: 2 pessoas

Preço: 80€ 

 

Espécies Prováveis:

Canário-da-terra  (Serinus canaria)

Tentilhão comum (Fringilla coelebs moreletti)

Estrelinha-de-popa  (Regulus regulus azoricus, R. r. inermis)

Pombo-torcaz  (Columba palumbus azorica

Toutinegra-de-barrete-preto  (Sylvia atricapila gularis)

Alveóla-cinzenta (Motacilla cinerea patriciae)

Melro  (Turdus merula azorensis)

Milhafre (Buteo buteo rothschildi)

Marreca-d´asa-Azul (Anas discors)

Caturro (Aythia collaris)

Galeirão-comum  (Fulica atra)

Frulho (Puffinus baroli)

Batuíra-de-bando (Calidris pusilla)

Pilrito-de-colete (Calidris melanotos)

Galinhola (Scolopax rusticola)

Gaivota-de-bico-riscado (Larus delawarensis)

Cagarro (Calonectris borealis)

Garajau-Rosado (Sterna dougalli)

Escrevedeira-das-Neves (Plectrophenax nivalis)

....

BIRDWATCHING NOCTURNO - CAGARROS

Faial, Açores

Os Açores albergam a maior colónia de Cagarros do Mundo.

Depois de estarem quase um ano no Hemisfério Sul, os cagarros regressam ao mesmo ninho do ano anterior. Passam o dia todo no mar, e apenas regressam ao ninho à noite, chamando os seu parceiro e produzindo assim um canto que de certeza não irá esquecer.

Visitamos algumas das colónias do Faial e participamos no projecto regional "SOS Cagarro".

 

Espécies: Cagarro (Calonectris borealis)

Duração: 2h, com início às 21h00

Guia: Um Ornitólogo e um Biólogo Marinho serão os seus guias 

Período: de Abril a Outubro 

Transporte: Jipe ou Carrinha 

Partida: Sede da Naturalist 

Número Mínimo: 2 pessoas

(+351) 968 327 633 - (+351) 916 746 917

 

CONTACT@NATURALIST.PT

  • Facebook
  • TripAdvisor
  • Instagram
  • Twitter

HELP BOOKING? CONTACT HERE

Full Licences for Research,   Nature Parks & Whale Watching

RNAT18/2016 & RRAAT16/2016